Pontos de Acupuntura

Os pontos de acupuntura estão localizados na superfície do corpo, sobre os meridianos de energia, dispostos em pontos de clivagem do sistema conjuntivo (depressões anatômicas) que acumulam energia (Qi) e são considerados estações energéticas, sensíveis a estímulos endógenos e exógenos.

Quando estimulados energeticamente promovem o equilíbrio na quantidade e na qualidade de Qi do ponto e consequentemente do meridiano, regulando e estabilizando o sistema energético.

Os pontos de acupuntura possuem impedância ou resistência elétrica diferenciada, proporcionando correntes elétricas estáveis e de baixa intensidade com polaridades apropriadas com finalidade de promover o funcionamento celular.

Fisiologicamente, o tecido conjuntivo no qual o ponto se encontra apresenta grandes quantidades de receptores neurais, responsáveis pela resposta celular relacionada ao controle da homeostase tecidual, tanto local, quanto sistêmica.

Quando se tem a inserção da agulha, juntamente com estímulos de pistoneamento e rotação, os mecanoceptores , como a proteína junção Gap, substância P, fibroblastos e mastócitos, são estimulados através do estiramento das fibras de colágeno, tracionando esses mecanoceptores, desencadeando um estimulo nervoso segmentar e supra segmentar, com liberação de uma cascata de mediadores inflamatórios, óxido nítrico e histamina, que são responsáveis pela vasodilatação local, melhorando o aporte sanguíneo nos tecidos adjacentes.

Esse estímulo ativa sistema nervoso aferente por fibras axoniais mielinizadas de condução rápida, chegando ao corno posterior da medula inibindo o estímulo de dor, que são conduzidas por vias axoniais desmielinizadas, de condução lenta. Após esse processo, o estímulo da agulha vai em ascendência ao Sistema Nervoso Central (SNC), onde desencadeia a modulação cerebral, ativando diversas vias neurológicas, como o Sistema Nervoso Autônomo (SNA), hipotálamo, córtex pré frontal, córtex cingulado, núcleo caudado, sistema límbico, entre outros, liberando opioides, como a encefalina, beta endorfina, dinorfinas, receptores de serotonina, que interferem no glutamato, gaba e dopamina, melhorado quadros álgicos, humor, relaxamento muscular e mental.

Todo esse processo discorrido de forma resumida e objetiva nos mostra o quanto a estimulação dos pontos de acupuntura promove tanto no campo energético, quanto no campo físico alterações capazes de gerar a homeostase.