Acupuntura no tratamento da obesidade

Perder peso não é fácil, requer muito esforço do paciente, porém com o método certo é possível e a acupuntura pode auxiliar muito.

As técnicas alternativas da MTC em si não fazem ocorrer milagrosamente a perca de peso, essas técnicas atuam equilibrando a energia dos elementos em desequilíbrio, permitindo o paciente a pensar melhor antes de se alimentar pois melhorando as energias, é possível melhorar as questões emocionais que provocam a alimentação impulsiva.

*Analise qual relação do seu paciente com a comida, normalmente quando o paciente come em excesso antes desse processo tem alguma questão que o incomoda, seja quando fica com raiva, triste, preocupado, ansioso. Torna-se importante o paciente analisar o que desencadeia o apetite intenso.

*Aprender a distinguir a fome da vontade de comer, quando se está com fome de algo específico não pode ser considerado fome real, a fome fisiológica provoca dor no estômago e se come qualquer tipo de comida. O ideal é comer quando se tem fome!

*De acordo com os desequilíbrios dos cinco elementos, alterações de forma tem uma relação direta com o elemento terra, o tecido adiposo representa bem as características da energia yin.

*Sinais e sintomas que podem vir acompanhados da obesidade: Memória e concentração fracas, dores musculares, doenças metabólicas, preguiça, gastrite, disfunções gerais relacionadas ao estômago e baço.

*O sabor que tem afinidade com o elemento terra é o doce, logo pacientes com desequilíbrios nesse elemento tem um paladar mais intenso a esse sabor, lembro que qualquer alimento que seja transformado em açúcar no corpo tem a natureza doce, logo para auxiliar na perda de peso torna-se importante diminuir o consumo de carboidratos simples.

*Para uma perca de peso efetiva é importante o paciente fazer um acompanhamento direto com um nutricionista, praticar atividade física com frequência além da acupuntura.

*Na acupuntura precisamos equilibrar o elemento terra e diminuir a umidade, pois o acúmulo de gordura provoca um aumento dessa umidade e com isso dificulta toda a circulação energética, deixando o organismo mais lento e com dificuldades em desempenhar suas funções. O estímulo e equilíbrio de outros elementos depende dos sinais e sintomas apresentados pelo paciente, logo se você tiver um paciente por exemplo, que queira perder peso e além disso tem o intestino preso e se sente triste você pode trabalhar além do elemento terra, o elemento metal por isso é tão importante fazermos uma avaliação e delimitar um tratamento individual para cada paciente.

Sugestões de pontos que atuam do tratamento da obesidade

CS6 + BP4. Direcionará o tratamento para o elemento terra.

VC12. Ponto que atua direto no estômago equilibrando a energia na região.

E36. Diminui a atividade do estômago, auxiliando no controle da fome.

E40. Controle da umidade.

BP6. Equilíbrio da energia yin, melhorando as alterações da forma física.

E23, E24, E25. Ação local que auxilia na eliminação da umidade na região abdominal, esses pontos podem ser estimulados também com eletroacupuntura.

Uma dica, ao final do estímulo das agulhas, fazer ventosa na região abdominal auxilia no modelamento da cintura.

A obesidade é uma doença bem complexa, o tratamento envolve muitas variáveis, portanto reforço aqui, você terapeuta analise sempre as manifestações pessoais do seu paciente!

> > Conheça nossos cursos clicando aqui < <

1 responses on "Acupuntura no tratamento da obesidade"

  1. Amo seus posts. Ajudam muito na compreensão de vários desequilíbrios. Obrigada!

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado.